Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Veja como é fácil baixar o aplicativo da Appai no seu celular

Veja como é fácil baixar o aplicativo que permite a você acesso rápido ao quadro de profissionais colaboradores dos benefícios Médicoe Odonto,localiza o endereço completo das clínicas e mostra o mapa e a distância através do sistema de geolocalização do aparelho. Além disso, você pode criar alarmes para lembrar da próxima consulta, fotografar suas prescrições médicas para levá-las sempre com você, acessar as notícias sobre os benefícios e muito mais. Baixe grátis o aplicativo no seu celular e tenha sempre o Guia do Associado na palma de sua mão. O aplicativo está disponível nas versões Android e IOS.

Professores podem usar a sala de aula para ajudar no combate ao Aedes aegypti

A preocupação com a crescente epidemia de zika chegou também a diferentes escolas de todo o país. Na tentativa de incentivar o combate ao mosquito Aedes aegypti, também responsável pela transmissão de doenças como a dengue e a chikungunya, muitas instituições estão organizando debates e atividades com os alunos.
De vídeos animados a projetos que envolvem a comunidade, existem diversos meios de abordar o tema de uma maneira engajada. A Escola Maestro Pixinguinha, em Vila Kosmos, por exemplo, uniu-se ao esforço nacional de combate ao mosquito, contando com a participação dos professores, das turmas do Fundamental I, de alunos do Grêmio Estudantil, pais e funcionários da escola.
Para o diretor e professor José Roberto da Silva, é importante conquistar o envolvimento do aluno, com atividades pedagógicas que sejam lúdicas e, assim, despertar o seu interesse e o engajamento nesse processo. “Entendemos que a prevenção depende de informação e de ações efetivamente educativas. Em todos os mome…

Entre perseguições e degredos, povo cigano deixou sua contribuição para a formação da cultura brasileira

Muitas pessoas, habituadas a ver grupos ciganos como figuras misteriosas ou exóticas, sequer imaginam que esse povo originário provavelmente da Índia participa da vida brasileira desde os primeiros tempos da colonização. Isso porque muitos ciganos que viviam na península Ibérica seriam mandados para as terras da América, a partir de 1560 ou 70, seja por degredo ou interessados em que esse povo de cultura predominantemente nômade se espalhasse pelo país, promovendo a ocupação do território e aumentando a população da colônia.
Nos séculos seguintes essas migrações continuariam ocorrendo e a presença de ciganos começaria a se notabilizar já na Bahia do século XVII, então a região mais rica e importante da colônia brasileira. Menos de cem anos depois muitos grupos iniciariam uma importante migração em direção ao Sudeste, principalmente atraídos pelo Ciclo do Ouro das Minas Gerais, já que tradicionalmente grupos ciganos se ocupavam de atividades como a caldeiraria, produzindo objetos como c…

Instruções para retirada de kit - Family Run - de 26 a 28/05

Professores se tornarão emojis

Se olharmos para o atual teclado de emojis disponível nos dispositivos móveis, as mulheres são retratadas dançando, cortando o cabelo e pintando as unhas. Os estereótipos estão todos lá. Há um policial, mas não uma policial; há um operário da construção civil, mas não uma trabalhadora; há uma princesa, mas não um príncipe. Mas o Google tem uma proposta para quebrar essa diferença, criando novos emojis de profissões, que terão tanto homens quanto mulheres.
Numa tentativa de aumentar a representação das mulheres nos ideogramas e promover a igualdade entre gêneros, uma equipe de desenvolvedores da Google apresentou ao Unicode Consortium, responsável pela gestão e padronização desses símbolos, 13 novos emojis que retratam a classe feminina com diferentes profissões nas áreas de tecnologia, indústria, saúde, ciência, agricultura, alimentação e empresas, e todas elas também terão o seu equivalente masculino. Um dos destaques da novidade é o que se refere à área da educação, que foi ilustrado…

Do morro ou do asfalto? Afinal, qual é o mistério do samba?

Muita gente já se aventurou a responder essa pergunta, que procura revelar a origem daquele que é, para a grande maioria, o mais brasileiro de todos os estilos musicais. Vêm dos próprios praticantes do ritmo as hipóteses mais criativas e, até por isso, sedutoras. Um bom exemplo é a levantada por Carlinhos Brown, que situou o samba para além das terras brasileiras: para o músico baiano, ele teria nascido nos navios negreiros, no compasso do balanço das águas, embalando a dor dos desterrados da África. Essa relação, aliás, entre o samba e a tristeza (ao contrário do que poderia sugerir o sorriso estampado no rosto de quem ouve ou faz samba) seria destacada outras vezes. De alguma forma dialogando com a tese de Brown, Vinícius e Baden afirmariam que “o samba é a tristeza que balança”. E é na própria letra do “Samba da Bênção” que vem outra ideia sobre a origem do samba: “o samba nasceu lá na Bahia”, dizem os dois compositores. Agora quem pode ser evocado pra continuar o diálogo é o antro…

Agora você tem um bom motivo para baixar o Twitter no seu celular!

Siga a Appai no Twitter e tenha acesso a conteúdos exclusivos, promoções culturais e concursos em primeira mão!
Veja como é fácil baixar:
Opção 1 (Android)
Se você possui aparelho das marcas Samsung, LG, Motorola, Sony ou Asus, o sistema é Android. No aparelho, procure o ícone Play Store. No campo de busca, digite “Twitter” e clique em “instalar”. Espere alguns segundos e o ícone do Twitter aparecerá na sua tela principal. Agora faça o seu cadastro. Siga a nossa página @appairj. Pronto! Agora você tem acesso a conteúdos exclusivos.
OU Opção 2 (iOS)
Se você possui um aparelho da marca Apple (Iphone), o sistema é o IOS.
No aparelho, procure o ícone App Store. No campo de busca, digite “Twitter” e clique em “baixar”. Espere alguns segundos e o ícone do Twitter aparecerá na sua tela principal. Agora faça o seu cadastro. Siga a nossa página @appairj. Pronto! Agora você tem acesso a conteúdos exclusivos.

De engenheiro da Petrobras a Secretário de Educação: Perfil de Wagner Victer

Se na esfera Federal as expectativas são grandes em relação ao novo ministro Mendonça Filho e a incorporação do ministério da Cultura ao da Educação, no âmbito estadual a situação não é diferente em relação ao novo secretário de Educação, que assume a pasta num momento delicado para o país e especificamente para o Rio de Janeiro. Wagner Victer toma posse em meio a uma declarada crise econômica fluminense, a uma greve que se arrasta desde março, da antecipação das férias para maio e em plena ebulição do movimento de ocupação de escolas por estudantes, que já chegou a adesão em cerca de 70 colégios.
Situação atual da Secretaria de Educação
Além disso, trata-se da primeira substituição na máquina pública feita pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, desde que assumiu em março, após renovadas licenças médicas de Luiz Fernando Pezão para tratamento de saúde. Engenheiro por formação, Victer agora tem a responsabilidade de gerir uma das mais controversas pastas da máquina pública fl…

Brasil: campeão mundial em violência na escola. Como agir?

Agressão escolar. Casos que cada vez mais ganham espaço em conselhos de classe e reuniões. Histórias que acabam ultrapassando as fronteiras acadêmicas e repercutindo nas editorias policiais dos jornais e nas mídias sociais. Não raramente o professor acaba envolvido, como o protagonista da própria violência sofrida ou sendo cobrados dele uma atitude e uso de autoridade na intervenção nas agressões entre os alunos. São constantemente arrolados como testemunhas ou acusados de omissos pelos pais. Situação esta que coloca a categoria numa posição constrangedora. E, muitas vezes, o profissional não sabe como agir, já que não são explicitadas ou normatizadas formas de conduta para essas ocasiões.

Bullying entre alunos
A violência é um dos maiores estímulos ao afastamento de professores da sala de aula, seja por ser ele o agredido ou mesmo por apartar brigas entre alunos. Esse reflexo pode ser de modo temporário, através do aumento dos casos de licenças médicas, ou de maneira definitiva, com pe…

Nas ruas e nas senzalas, a Abolição sob o ponto de vista das classes populares

As salas de aula brasileiras nos habituaram a entender os acontecimentos que culminariam na Abolição da Escravatura pela ótica das ações que se estabeleceram nos grandes centros, nas proximidades do poder imperial e com a participação de instituições de prestígio social, como a imprensa e as tribunas políticas. Nesse contexto, a marcha da Abolição no Brasil teria se dado a partir da atuação de grandes figuras que passariam para a história como protagonista desse episódio da vida nacional. Assim, personagens como Joaquim Nabuco, com suas ideias lúcidas e visionárias; José do Patrocínio, que ficaria marcado pela sua atuação na imprensa da capital federal; André Rebouças, pela sua fina habilidade ao tecer diálogos políticos; e Luiz Gama, que se notabilizaria pela capacidade de empregar as brechas da lei para viabilizar juridicamente a queda da escravidão, seriam considerados pela história como grandes motores do movimento Abolicionista.
Pesquisas e produções acadêmicas mais recentes, poré…

Revolução no ensino das Artes

Além de inclusão de novas culturas na grade obrigatória, sofre profunda alteração no conteúdo e na nomenclatura. Com tantas novidades várias indagações surgem entre os profissionais de ensino. Como ficam os já titulares desta disciplina? Boa parte formada em Artes plásticas como desenvolveriam habilidades nas outras vertentes artísticas? Qual o perfil desse novo professor? Vão ter cursos de realinhamento? Quem vai pagar por eles? Quem não se adaptar perde o emprego ou ganham estabilidade os que já lecionam esta matéria? E quem vai avaliar? E com relação a graduação? O que isso pode refletir na formação desses profissionais pelas faculdades?
A nova lei não entra em detalhes sobre esse processo de transição. Só define o prazo: 5 anos. No meio de várias indefinições, um fato é certo: Professores vão ter que se submeter a programas de requalificação já que a mudança não é só no título, que passa a ser “artes visuais” em substituição ao tradicional “artes plásticas”. Justamente essa alteraç…

Nunca fale mal de um professor no Whatsapp

Nessa briga “criptografada” entre o Whatsapp, a justiça brasileira e as empresas de telefonia, pouco se fala sobre o impacto e consequências do uso desse aplicativo em sala de aula. Afinal, é um aliado ou um tormento para o professor? O vício digital faz com que a atenção às aulas seja dividida com as trocas de mensagens. Além disso, ao mesmo tempo em que facilita o contato com os pais e alunos, pode criar uma série de ruídos nesta mesma comunicação.
Para evitar esse problema, mães argentinas criaram um “manual de etiqueta e bom comportamento” para a comunidade de pais no WhatsApp escolar. Objetivo é evitar fofocas e discussões por meio do aplicativo. Uma das principais regras diz: Trocar informações sim, mas fofoca não!”. E ainda: “Responda somente se contribuir com algo”, “pense duas vezes antes de escrever” e "não exagere nos emoticons".

Você é um respondedor compulsivo?
A iniciativa partiu das responsáveis pelos alunos de um colégio de Buenos Aires. O "manual de whatsa…

Revolvendo a memória de Tiradentes: de bode expiatório a herói nacional

A Inconfidência Mineira aparece com um episódio de grande importância pelo fato de colocar em evidência o aspecto àquela altura decadente do modelo colonial, e também por ser fruto da influência das ideias iluministas sobre uma elite colonial, que assim acalentou o sonho de um projeto nacional mais avançado. Um conjunto de circunstâncias determinou a tentativa da conjuração, que contou com a participação de representantes de várias atividades da colônia: militares, intelectuais, membros da Igreja, proprietários rurais, comerciantes etc. A situação econômica da colônia figura naturalmente entre as causas mais relevantes. Portugal achava-se naquele momento do século XVIII em lamentável crise financeira, caracterizada principalmente pela grande dívida acumulada frente à Inglaterra. Pressionado pela premente necessidade de recursos a Coroa portuguesa não hesitou em aumentar a exploração sobre sua mais rica colônia.
O estado português então organiza-se no sentido de aumentar a todo custo su…